10 filmes de moda que você precisa assistir!

Conhecimento é poder. Então que tal expandir seus horizontes e conhecer um pouco mais sobre moda do conforto da sua casa, vendo Netflix?

Pensando em você, nós da equipe EMODA, fizemos uma lista com alguns dos filmes e documentários mais icônicos, divertidos e imperdíveis que abordam diferentes assuntos do universo da moda. Desde os mais sérios que mostram o poder e o impacto da indústria que movimenta bilhões, até aqueles que marcaram época por seus figurinos bafônicos (quem não lembra do look clássico de Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo ou do conjuntinho xadrez de Alicia Silverstone em Patricinhas de Beverly Hills?!?). Tem pra todos os gostos e estilos, aliás, estilo, é o que não falta nessa lista!

 

1) IRIS

Se você ainda não conhece Iris Apfel, essa é a sua chance e eu sugiro: não perca! O cineasta Albert Maysles documentou alguns dos principais pontos da vida dessa fashionista de 96 anos, que já teve uma exposição do seu acervo pessoal no MET (Metropolitan Museum of Art) e fez uma parceria com a poderosa M.A.C para criar uma linha de cosméticos, edição limitada, que refletisse seu estilo singular colorido e cheio de vida.

 

2) O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Esse filme é um queridinho cult da última década. Com ar retrô, fez muita gente catar aquelas roupas guardadas da mãe ou da avó e tentar copiar o look vintage e cheio de charme da protagonista. Um estilo feminino, mas atualizado. A delicadeza de seus muitos vestidos é equilibrada por exemplo com um coturno.

Claro que falar é bem mais fácil do que fazer. E o trabalho do figurino e da direção de arte deste filme são incríveis, usando principalmente das cores vermelho e verde, que são complementares pois situam-se em lados opostos do disco cromático – o que ajuda a direcionar o olhar do espectador para um determinado objeto ou personagem; além do equilíbrio, já que uma cor é quente e outra fria.

 

3) Franca : Chaos and Creation

O documentário trata da vida pessoal e profissional da editora da Vogue Itália, Franca Sozzani, que morreu em dezembro de 2016 e mostra momentos polêmicos de seus 28 anos à frente da publicação. Dirigido por seu filho, Francesco Carrozzini, tem entrevistas com Karl Lagerfeld, Valentino, Donatella Versace, Azzedine Alaia, Naomi Campbell, Marina Abramovic, entre outros e estreou no Festival de Veneza de 2016.

 

4)Bonequinha de Luxo

Audrey Hepburn é um verdadeiro ícone fashion. São vários os papéis e figurinos maravilhosos usados por ela que marcaram história, mas definitivamente é a aventureira, elegante e levemente fútil, Holly Golightly, de Bonequinha de Luxo, com seu amor pela Tiffany, champagne e roupas maravilhosas que conquistou nossos corações. A imagem de Audrey, com seu cabelo preso num coque e carregando uma piteira gigante é uma das imagens mais icônicas do cinema americano no século 20. O figurino do filme é assinado por Hubert Givenchy, incluindo o vestido preto da cena inicial, que é considerado o “little black dress” mais famoso de todos os tempos.

 

5) Fresh Dressed

Lançado durante o Festival de Sundance de 2015, este documentário é para os fãs de moda e música. Ele fala da evolução do hip-hop pelas lentes da moda. Dirigido por Sacha Jenkins, explora a conturbada relação entre o estilo musical e o universo fashion. Assim como a importância que o jeito de se vestir sempre exerceu sobre todos que viviam em comunidades pobres nos Estados Unidos e que sonhavam com uma vida melhor.  Pharrell Williams e Kanye West, Nas, Damon Dash, Swizz Beatz e  Riccardo Tisci são alguns dos nomes que você pode esperar ver.

 

6) As Patricinhas de Beverly Hills

O xadrez vai dominar o Inverno 2018, assim como os conjuntinhos. E se tem alguém que entendia como ninguém como usar essas duas tendências de uma maneira divertida e original era Cher Horowitz, a personagem de Alicia Silverstone no filme que marcou toda uma geração. Até Iggy Azalea usou o filme de referência para o clipe do seu hit Fancy.

Diversão pura e looks babadeiros. E quem nunca quis ter um armário que te ajudasse a combinar suas produções?!? Mergulhe na nostalgia com a pipoca do lado!

 

7) Jeremy Scott: The People’s Designer

Dirigido por Vlad Yudin, o documentário conta a ascensão do designer. Queridinho de celebridades, conta com a participação de Katy Perry, Rihanna, Miley Cyrus e Rita Ora. Focando na criação da sua primeira coleção para a Moschino e contando detalhes de sua infância em Kansas City, no Missouri (EUA).

 

8) Jackie

Um dos lançamentos mais esperados do ano passado, o filme traz Natalie Portman no papel da ex-primeira dama dos Estados Unidos, Jackie Kennedy. Ela que além de ser uma figura histórica e amada pelo povo americano, é um ícone de estilo e elegância. O figurino produzido em parceria com a Chanel, é assinado por Madeline Fontaine, profissional responsável pelo vestuário que já trabalhou em filmes como Amèlie e a biografia de Yves Saint Laurent.

 

9) House of Z

O documentário fala da ascensão, queda e retorno de Zac Posen. Alçado ao sucesso muito cedo, viu sua marca sofrer com a crise em 2008 e sofreu críticas duras da imprensa por sua personalidade e sua criação privilegiada. Praticamente uma história de redenção, o documentário aborda diversos aspectos, sua formação, o processo de criação do estilista, os desafios de manter um negócio na indústria da moda e até mesmo sua família. É um retrato tanto do artista quanto do homem de negócios.

 

10) Direito de Amar

O primeiro filme dirigido pelo designer Tom Ford é baseado no livro “A Single Man”, escrito por Christopher Isherwood em 1964. Uma história sensível e romântica, com uma suavidade diferente das imagens provocantes com as quais nos acostumamos a associar o trabalho de Ford enquanto estava na Gucci ou na Yves Saint Laurent ao longo da década de 90.

O figurino é assinado por Arianne Phillips. E são os detalhes, a precisão e o cuidado com cada peça de roupa que criam uma relação íntima com o perfil dos personagens, além de retratar muito bem um período de transição na sociedade americana do final dos anos 1950 e início dos 60.

O controle imagético que Tom Ford exerceu enquanto estava no comando da Gucci e da Yves Sain Laurent continua presente, mas aqui ele mostra uma sensibilidade e um lado desconhecido e muito bem vindo.

Pronto para a maratona? Conte para a gente depois o que você achou e que filme mais curtiu!

No Comments
Leave a Comment: